jump to navigation

C.S.I. 8×01(Série) sábado 29 setembro, 2007

Posted by Dude in C.S.I., Séries.
trackback

Ep. 8×01: Dead Doll 2 (Inédito no Brasil)

Sinopse: Grissom e sua equipe correm contra o tempo na busca deseperada por Sara, que foi capturada pela serial killer das miniaturas: Natalie Kimble. A única pista que eles têm é a miniatura que mostra Sara embaixo de um Mustang vermelho, em algum lugar no deserto.

CSI

Não é a toa que a estréia da oitava temporada de CSI liderou a audiência na concorrida noite de quinta-feira, dia 27 de setembro, na TV americana. Depois de uma sétima temporada no mínimo excelente, que teve como eixo central a investigação e a caça ao serial killer das miniaturas, o final deixou um gancho sensacional, gerando comoção entre os fãs e deixando a dúvida “Sara morre ou não morre?”.

E a sétima temporada terminou exatamente aí, com a Sara presa embaixo de um carro, no meio do deserto, reproduzindo fielmente a maquete de Natalie Kimble, a serial killer mais intrigante de toda a história da série. E é exatamente aí que a oitava temporada começa, na busca deseperada dos investigadores forenses para encontrar e salvar sua parceira.

O episódio é emocionante não só porque nos deixa o tempo todo com dúvida sobre o destino da personagem, as situações geradas ao longo da investigação comovem seus companheiros e os faz remeter à situações vividas por eles, com pequenos flashbacks que nos ajudam a relembrar belas cenas vividas por Sara. Sem falar na tristeza de Grissom! A atuação de Willian Petersen é realmente excelente, pois ele consegue manter o equilíbrio e a sobriedade do personagem, ao mesmo tempo em que seus olhos traduzem desespero.

Enquanto seus colegas correm contra o relógio para encontrá-la, Sara se mostra uma lutadora. No flashback que revela a maneira como Natalie a capturou, vemos sua batalha para se libertar. E já presa embaixo do carro, ela consegue escapar e inicia então sua trajetória através do deserto, atravessando toda a noite e parte do dia sob sol escaldante. Mesmo fraca e desidratada, Sara não esquece aquela velha lição do conto de João e Maria e deixa para trás vestígios para que possam seguí-la e encontrá-la. E é isso que acontece.

Depois de um episódio, que é na verdade uma jornada de Sara pela sobrevivência e pela superação, o resgate finalmente chega. E a cena final emociona até os fãs mais céticos da série, quando Grissom a acompanha até hospital, mostrando que o amor e a poesia não estão necessariamente nas palavras ou nos gestos. Um simples olhar basta para dizer “eu te amo e estou aqui para te proteger”.

É bom lembrar que o fato de Sara ter sobrevivido não significa que Jorja Fox continua na série. Os fãs ainda não podem descansar sossegados. Mas, depois desse episódio, seria uma burrice afastá-la.

Dead Doll 2 é um episódio que deixa claro que CSI tem muito fôlego e qualidade para mais e mais temporadas. Particularmente, torço para que a fórmula da sétima temporada se repita e que CSI continue arrebentando.

Por Juliana Ramanzini

Anúncios

Comentários»

1. Thiago Rocha - sábado 29 setembro, 2007

Olá Juliana, adorei o comentário. Ainda não vi o episódio mas já me empolguei bastante com o que você disse 🙂

Pena que a Jorja Fox esteja com os dois pés praticamente fora da série por causa de dinheiro. Onde fica a arte né?

Bjs e continue comentando.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: