jump to navigation

DEXTER 2X03 (Série) segunda-feira 15 outubro, 2007

Posted by Dude in Dexter, Séries.
trackback

Ep. 2×03 – An Incovenient Lie (Inédito no Brasil)

Sinopse: Dexter tem uma nova vítima no alvo: um vendedor de carros usados que mata mulheres morenas solteiras. Dexter chega a admirar o sujeito por causa de seu jeito suave de falar e mentir, algo que ele sabe que tem lhe faltado ultimamente, já que ele nao consegue mentir para Rita sobre suas atividades noturnas, o que a fez pensar que ele está usando drogas e a leva a ameaçar deixá-lo se ele não se comprometer com um programa de recuperação para viciados.

Dexter 2x03

Um dos aspectos que mais me fascinam em Dexter é sua constante capacidade de levar-nos por uma viagem louca pela psique deste incomum – e confesso, carismático – serial killer. Inconvenient Lie (divertida alusão ao filme do ex-vice presidente americano Al Gore) apresenta-nos ao Dexter mergulhado em uma catarse às avessas ao evidenciar duas novas sensações / emoções até então inéditas para ele (ou pelo menos pouco exploradas). Primeiro a de que diferente dos serial killers comuns, ele importa-se e estabelece vínculo emocional com alguém, e nada mais claro para provar isso do que sua reação segundos antes de matar sua nova vítima, o que por tabela corrobora o lado humano que Harry Morgan sempre enxergou no filho adotivo. Depois vemos Dex encontrando nas reuniões de narcóticos anônimos sua válvula de escape para exorcizar seus fantasmas e por tabela tirar Doakes de seu encalço (pelo menos temporariamente) e convencer Rita de que ele merece sua confiança.

Parece-me óbvio que a misteriosa Lila (a tutora de Dex no NA) esconde algum segredo obscuro que futuramente alavanque novas situações na trama, mas não creio que ela seja também uma assassina, embora sua leitura acertada sobre a natureza do Dark Passenger nos leve a imaginá-la como tal. Pode ser viagem minha, mas se fosse arriscar, diria que ela talvez possa ter ligação com Frank Lundy de alguma forma agindo como uma infiltrada nas reuniões do NA, pois pensem, como é que Frank pode ter evidenciado a Dexter que o conhecia muito bem ao encontrá-lo no galpão onde estavam os corpos retirados da baía? Hum… Aliás falando sobre Frank, quem leu “Dearly Devoted Dexter” deve ter notado que ele guarda semelhanças fortíssimas com um personagem do livro. Mesmo perfil, mesmas características, frio, calculista e o cara que pode ser responsável pela recuperação de Debra depois do trauma causado pelo Ice Truck Killer. Vai ser interessante acompanhar a história de envolvimento dos dois e entender a dinâmica que se estabelecerá sobretudo se ele começar a usá-la para chegar ao irmão, o que repito ainda é um ‘achismo’ meu. Igualmente curioso será a maneira com que La Guerta retomará a dianteira do departamento, já que me parece claro que ela adota uma tática que evidenciará a fraqueza no comando e forçará o capitão Matthews a reintegrá-la com amplos poderes. Mais um excelente episódio (só para variar) dessa que sem dúvida é uma das melhores produções da tv nos últimos anos ao lado de Lost, House

Por Davi Garcia

Anúncios

Comentários»

1. Pedro - terça-feira 16 outubro, 2007

Bom comentário, Davi.
Gostei dessa tese da Lyla ser uma infiltrada. Sem dúvida Dexter é uma série espetacular. É minha segunda favorita, só ficando atrás de Lost.
Também comentei esse A Inconvenient Lie, lá no NaTV. Depois dá uma passada lá
abraço

2. SÉRIES: Notas e Comentários da Semana « Dude, Cinema e Séries - segunda-feira 22 outubro, 2007

[…] Leia os comentários aqui. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: