jump to navigation

DEXTER 2X08 (Série) terça-feira 20 novembro, 2007

Posted by Dude in Dexter, Séries.
trackback

Ep. 2×08 – Morning Comes (Inédito no Brasil)

Sinopse: Depois do incêndio em seu apartamento, Lila começa a deixar Dexter pouco a vontade com suas investidas. Enquanto isso, ele chega à conclusão de que a recuperação não está funcionando e resolve visitar novamente o homem que matou sua mãe. Na delegacia, Debra e Lundy encontram uma pista apontando que o Bay Harbor Butcher está mais perto do que imaginam.

Dexter 2x04

Se me perguntassem hoje que série merece um prêmio pela excelência de sua obra e pela contribuição criativa ao maravilhoso mundo das séries, minha resposta imediata seria Lost, mas como a história de Jack, Sawyer, Ben e cia está de férias, não resta qualquer dúvida que Dexter assume o posto e levanta a taça da minha preferência. Mais um episódio brilhante, onde não faltou tensão, suspense e atuações inspiradíssimas a começar pelo protagonista defendido por Michael C. Hall, um ator que consegue transmitir doçura e carinho quando está com o pequeno Cody e transborda ameaça e horror como na cena em que ameaça Lila e mata o assassino de sua mãe. São esses tons distintos mas igualmente marcantes da interpretação de Hall que ajudam a conferir peso e carisma a este intrigante e complexo protagonista.

Uma das maiores qualidades de Dexter, sempre foi primar sua audiência com roteiros sempre instigantes e que se não chegam a ir sempre direto ao ponto, inegavelmente fogem de rodeios para explorar a trama. Com essa série nunca há floreios e é sempre interessante acompanhar a trajetória do serial killer e ser flagrado enquanto fã torcendo pelo sucesso de seu ‘trabalho’. A essa altura da temporada, fica explícito que Dexter enfrentará o que pode ser a sua maior provação no que tange seguir o código de Harry. Com Lundy em seu encalço em virtude das suspeitas levantadas pelo erro cometido no relatório que inocentou uma das vítimas do Bay Harbor Butcher, e com Doakes finalmente encontrando a prova irrefutável de seus crimes, é quase certo esperar que Dex vá sofrer algum indiciamento que pode finalmente tirar o ‘vingador das sombras’ das ruas de Miami. Por outro lado, vejo aberta a possibilidade de que Doakes enfrente problemas por conta de sua descoberta, uma vez que é notório para todos do departamento que ele vinha agindo de maneira estranha desde o surgimento do caso que mobilizou o pessoal da Miami Detro. Vale lembrar que Doakes também esteve envolvido nos mesmos casos que incluiram vítimas do Bay Harbor Butcher, e o fato de ter perdido sua entrevista (o que lhe tira o álibe) e seu comportamento irrascível frente os questionamentos de Lundy, podem muito bem colocar em cheque a prova que ele descobriu, já que LaGuerta e muitos dos colegas de polícia viam-no como um perseguidor do Dexter. Será afinal que sobrará a Doakes o papel de bode espiatório? Bem, só esperando para ver, mas dada a criatividade dos roteiros da série, arrisco-me a dizer que vém mais coisa por aí além disso.

E como se esse cenário já não fosse suficiente para tornar este episódio sensacional, tivemos ainda o retorno de Dexter para terminar o ‘serviço’ no homem responsável pelo brutal assassinato de sua mãe (e consequentemente pelos traumas que o transformaram). Retorno este que foi totalmente motivado pelas ações desesperadas de Lila, a vampira emocional (termo muito bem indicado pelo leitor Dudu Maroja) que como imaginei em meu último comentário, corre sérios riscos de conhecer o monstro que vive dentro de Dexter em função da ameaça que ela parece querer impor à Rita e as crianças. Foi o comportamento dela e sua tentativa de controlar Dexter que ligaram o sinal de alerta para ele. O vício não acabou, e ele não é controlável e é por isso que ele mesmo decretou que “O experimento Lila está acabado”, e nós ficamos aqui roendo as unhas à espera dos 4 episódios que encerrarão essa ótima segunda temporada.

Por Davi Garcia

Anúncios

Comentários»

1. maria - terça-feira 20 novembro, 2007

Dexter é absoluto na sua imprevisibilidade e na riqueza de enredo e personagens. Bom descobrir mais um espaço para análise dessa primorosa série.

2. Dudu Maroja - quarta-feira 21 novembro, 2007

Esse foi um episodio extremamente tenso.. fiquei me segurando na cadeira, e te juro que vontade não faltou que socar a televisão para evitar que Doakes encontrasse os “mementos” do Dexter… o que inclusive me deixou em conflito moral, afinal.. apesar de Antipático Doakes é o mocinho, e Dexter como todo bom serial Killer é inteligente e cativante, mais não deixa de ser o vilão de certa forma… e diferente do Doakes Lundy consegue ser cativante tambem, me pego totalmente congelado nas cenas dele, por que não sei se torço conta ou a favor dele, mais no ritimos que vão as coisas tudo pode vir a mudar bruscamente.. eu me pergunto se o Harry de alguma forma ele preparou um modo para a Debora conheclor o “dark passanger” no momento certo.. e se isso faria ela se tornar uma aliada ou inimiga do Dexter..

3. Fábio - sexta-feira 23 novembro, 2007

Concordo com o Dudu!! também fiquei nervoso com esse último episódio, e com quatro episódios pra terminar a temporada, a impressão que eu tenho é que parece que não vai dar tempo pro dexter se livrar dessa!! Acho que o Doakes é a chave pro final da temporada…..ou ele mata o doakes, ou ele põe a cupla no doakes, ou os dois!!

4. SÉRIES: Notas e Comentários da semana « Dude, Cinema e Séries - segunda-feira 26 novembro, 2007

[…] Leia os comentários aqui. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: