jump to navigation

HEROES 2×09 (Série) terça-feira 20 novembro, 2007

Posted by Dude in Heroes, Séries.
trackback

Ep. 2×09 – Cautionary Tales (Inédito no Brasil)

Sinopse: Bennet prepara a mudança de sua família quando descobre que a Companhia os encontrou, mas Claire não gosta da idéia de ter que fugir de novo. De volta ao presente, Hiro descobre que seu pai morreu e decide voltar no tempo para tentar impedir o acontecimento. Enquanto isso Matt trabalha para dominar suas novas habilidades mentais.

Heroes 2x09

Não dá para negar que esse foi outro bom episódio para marcar a recuperação que a 2ª temporada vém tendo, e o mais legal é que ele trouxe explicações importantes e uma virada muito interessante para a trama. E se a atitude de Mohinder parecia uma forçada de barra para realizar a profecia da pintura de Isaac, arrisco-me a apostar que sua escolha ao final do episódio foi o pulo que proporcionará a organização das peças que comporão o tabuleiro final desse volume da história. Sem dúvida este 9º episódio abriu possibilidades novas e encerrou outras fazendo-o da maneira correta, mostrando o papel daqueles personagens e como cada um se encaixa na trama.

Analisando-o um pouco mais detalhadamente, é fácil compará-lo ao ‘Company Man’, o 17º episódio da 1ª temporada, porque é exatamente aqui que o controverso Sr. Benett finalmente parece encontrar sua redenção, algo sugerido desde aquele episódio. Achei uma ótima sacada usarem o sangue de Claire para literalmente ressuscitá-lo uma vez que isso parece comprovar que a Companhia realmente age para impedir um mal maior, dando ainda indícios de que o encerramento da trama daqui a 2 semanas caminha para ser todos contra Adam Monroe / Takeso Kensei, o responsável não só pela morte de Kaito Nakamura, como de quase todos os membros da geração anterior de Heroes. Parece fácil entender as motivações de Adam – que jurara destruir tudo o que Hiro amava – mas ao mesmo tempo espero que essa não seja a única explicação para suas ações. Gostaria de ver se há algum aspecto psicológico na jogada, interferindo com seu papel e fico curioso para saber que papel Peter terá no plano, bem como se Claire tem mesmo algum parentesco com ele em função do mesmo dom. Interessante também ver nesse episódio o Parkman descobrindo que seu poder inclui manipulação mental, o que indica que ele é muito mais forte do que imaginávamos e uma dica de que ele pode também desempenhar um papel importante nessa reta final, quem sabe até mesmo impedindo que Peter faça a coisa errada ao juntar-se com Adam. Definitivamente um episódio divertido que cria boas expectativas para as próximas duas derradeiras semanas que encerrarão a saga do volume Generations.

Por Davi Garcia

Anúncios

Comentários»

1. Michel - terça-feira 20 novembro, 2007

Viva os blogueiros madrugadores!!! hehehehehe
É verdade Davi, Heroes ta se recuperando…acho que muita gente que falou mal da série vai acabar mordendo a lingua!!
Otimo review
Abraço

http://seriemaniacos.wordpress.com/

2. vinicius - terça-feira 20 novembro, 2007

cara teu blog ta massaaa
heroes ta dimais cara!! a série ta se recuperano…

tbm tenhu um blog cara
http://www.megaserie.blogspot.com
acc parceria?
flwss

3. Juliana Ramanzini - terça-feira 20 novembro, 2007

Em qualquer votação Buhinder ganharia disparado o prêmio “personagem que não faz menor idéia do que está fazendo nesse planeta”! Se a intenção era fazer ele parecer ingênuo e bonzinho, passaram bem longe. Pra mim ele é o mais egoísta e orgulhoso, com intenções ainda muito nebulosas (eu ainda não compreendi que diabos ele quer dessa vida) e somando ao fato dele nunca saber com quem vai dançar a próxima valsa, é o mais duvidoso, o que menos se pode confiar de todos ali! Mas, se ele realmente teve a feliz idéia de dar para Benett o sangue da Claire… Bem, na verdade vou continuar achando ele um imbecil, mesmo que ele salve o mundo. :p

Ainda tenho fé que vão apostar na mãe da Claire e torná-la mais ativa na trama. Gosto daquele ar de “não sei de nada” que ela carrega, mas que no fundo, pode mudar tudo. Angela já tem seu espaço e nunca faz feio.

4. Juliana Ramanzini - terça-feira 20 novembro, 2007

Continuando…

Eu ainda acho que a Elle é caricata demais. Me pergunto se depois do acontecido ela não vai se rebelar contra tudo que já viveu, na expectativa de novas experiências, de preferência que não sejam as de laboratório! Adolescentes adoram ficar contra os pais. Será que ela muda de lado?

Sylar não apareceu, mas preciso desabafar. Simplesmente acabaram com o cara depois que ele encontrou os irmãos dó-ré-mi. Pra mim, ele se tornou totalmente dispensável. Ainda mais com o crescimento de Adam como o grande vilão da temporada. Pena. Gostava da loucura dele. Desse jeito, teria sido mais digno deixá-lo “morto”.

Eu tinha visto uma foto com spoiler da morte de Benett e nunca passou pela minha cabeça que ele morresse mesmo. Seria assinar uma atestado de imbelicidade aguda matar o único personagem consistente da história. Afinal, tem muita coisa girando em torno dele, além dos segredos que detém. Matem o Mohinder (mas deixem a Elle zoar com ele mais um pouquinho antes)!!!! :p

Ótimo episódio… ótimo gancho final.

5. Dudu Maroja - quarta-feira 21 novembro, 2007

Fazia tempo que eu nao curtia tanto um episodio bom desses de Heroes.. muito bom mesmo..

nao creio que a companhia tenha salvado o Noah.. e sim a Elle.. que parece ter tocado ela com o seu discurso de pai protetor..

creio que se fosse a companhia que tivesse renascido ele, ele estaria em um quarto bem melhor.. ai ele estava bem “escondido”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: