jump to navigation

HOUSE 4×08 (Série) quarta-feira 21 novembro, 2007

Posted by Dude in House, Séries.
trackback

Ep. 4×08 – You Don’t want to know (Inédito no Brasil)

Sinopse: House trata um mágico mas acredita que ele esteja fingindo estar doente para encobrir sua incompetência. Enquanto isso, House coloca os candidatos em uma disputa que pode garantir imunidade na disputa.

House

É incrível, mas mesmo quando o episódio não é tão sensacional, a série consegue explorar através do paciente da semana, uma das características mais interessantes e constantemente demonstradas por House, sua natureza cética. Ele sempre diz que todo mundo mente, e se isso às vezes soa como rabugice ou mania, também prova que é exatamente esse ceticismo que garante o salvamento de vidas, uma vez que ele sempre procura respostas no que não é dito pelo paciente.

Nesse episódio House suspeita que um mágico esteja de alguma forma fingindo uma doença para desviar a atenção de que ele é um fracasso na profissão, e surpreende-se no caminho do diagnóstico ao descobrir que seu paciente fará de tudo para manter certas verdades escondidas e nessa metáforas de truques e mistérios, surge a luz que explica a causa de seu estado clínico, lupus. Sim, a mesma doença que fora várias vezes apontada como possível diagnóstico ao longo das 3 temporadas anteriores e que ao se confirmar não lhe causa nenhuma surpresa como poderíamos esperar. Achei divertidíssimo o desafio lançado por ele para garantir imunidade de um dos candidatos, e claro, ver a armadilha que ele indiretamente arma para provar a seus subordinados que certas técnicas só podem ser usadas por ele. Aliás, a saída do ‘Big Love’ Cole da disputa, demonstra que jogar com House nem sempre é a melhor alternativa para ganhar sua simpatia. Curiosa também foi a intereção entre House a ‘Treze’, a quem ele suspeita ter uma doença genética. Se até agora ainda não havíamos visto uma troca maior do protagonista da série com os candidatos, foi interessante ver a reação dela frente a possibilidade de descobrir se tinha ou não a doença sob o argumento de que não saber permite que ela viva intensamente, o que na minha concepção parece meio contraditório mas garante à personagem uma camada interessante a ser explorada ao longo dos próximos episódios.

De uma maneira geral, esse oitavo episódio não foi tão bom quanto o da semana passada por exemplo, mas é notória sua contribuição para o arco que deve definir a nova equipe de House, cuja sempre sólida interpretação de Hugh Laurie confere à série um brilhantismo que poucas tem.

Por Davi Garcia

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: