jump to navigation

HEROES 2×11 (Série) terça-feira 4 dezembro, 2007

Posted by Dude in Heroes, Séries.
trackback

Ep. 2×11 – Powerless (Inédito no Brasil)

Sinopse: No Texas Peter fica do lado oposto ao de antigos conhecidos por ter sido manipulado pela história de Adam sobre o vírus Shanti. Micah faz sua mãe Nikki o ajudar a resgatar Monica. Maya fica chocada quando descobre a verdade sobre seu novo amigo Sylar. Elle resolve dar uma de heroína para deixar seu pai Bob orgulhoso de suas ações.

Heroes 2x11

Uma coisa temos que reconhecer, Tim Kring (criador e um dos principais roteiristas da série) sabe como construir uma grande expectativa só para causar uma imensa decepção em seguida. Esse Volume 2 da série encerrou-se exatamente como começou, uma frustração total. E por isso, muito me espanta saber que Jeph Loeb (um dos produtores da série e ex-colaborador de Lost), tenha fechado os olhos para tantas falhas, logo ele que é um sujeito reconhecidamente capaz de desenvolver histórias e personagens, algo que praticamente não existiu durante esses 11 episódios. Desde o início do Volume 2 foi irritante ver o Peter – que na teoria é o ‘Heroe’ mais poderoso – sendo o sujeito mais ingênuo do universo e o cara que muda de lado na maior facilidade (levando em conta que nesse 11º episódio por exemplo, ‘apenas’ o destino do mundo inteiro estava em jogo). De cara já não fazia muito sentido que o Peter tivesse se juntado ao Adam/Kensei, e o fato de que Nathan só precisou de errr… 5 segundos para fazê-lo virar-se contra Adam, chegou a ser risível. Contudo, a coisa que mais me irritou nesse episódio foi o ‘confronto’ entre Sylar e Mohinder. Desculpem pela expressão, mas porraaa aquele é o Sylar e o indiano àquela altura não sabia que ele não tinha poderes, mas ainda assim vai para casa desarmado e sem nenhuma ajuda ou mesmo um plano?! Será que o Dr. Suresh é tão inteligente assim a ponto de esquecer que meses antes aquele foi o cara que quase o matou? E por que tentar devolver os poderes a Sylar sabendo da quantidade de gente que poderia morrer em função disso? Será que Mohinder não sabia desde o início que Sylar simplesmente mataria Molly e ele assim que recuperasse seus dons? Ele até chegou a dizer exatamente isso no final do episódio, o que fez tudo não ter nenhum sentido, e na verdade só corrobora o que foi a história de Sylar desde o início dessa temporada, totalmente sem sentido… Ah, e aquele tal esperado gancho que fora prometido, cadê?

Mataram a Nikki, e vejam que incrível, por causa de uma mochila!!! Aliás, para que serviu a subtrama de Nova Orleans, alguém sabe? Será que alguém realmente se importava com a Monica? Tudo bem que a Nikki não era A personagem, mas matá-la assim não fez sentido nenhum, como também não fez a chata historinha dos irmãos Maya e Alejandro. É fato que tudo o que precisávamos saber dos dois poderia ter sido mostrado em no máximo 2 episódios, mas não, levaram 10 episódios para matar Alejandro, e 11 para que Maya ajudasse Sylar a recuperar seus poderes. Ahhh então finalmente descobrimos qual era o papel dela afinal. Incrível, né? De novo, que decepção! Não entendo como é que alguém (Tim Kring), sabendo que não há data para retorno da série – por causa da greve – termina a história sem criar um ganchinho satisfatório sequer. Tipo… mataram o Nathan, um dos poucos personagens interessantes nesse Volume 2 exatamente quando ele ia revelar a verdade sobre os dons. E pior, nós nem vimos quem era o atirador, o que poderia quem sabe, render um gancho. Então resumindo tudo: Hiro enterrou Adam/Kensei vivo dando a deixa de que voltaremos a vê-lo. O vírus foi destruído. Mr. Benett voltou para a Companhia e… mais nada. A verdade é que esse fall finale foi absolutamente preguiçoso, irritante, previsível, e a prova irrefutável de que o time de roteiristas de Heroes precisa urgentemente pegar umas aulinhas com a turma de Lost, Dexter e etc, para aprender a escrever um final de temporada decente. Difícil? Tudo bem, eu me contentarei se disserem que o Tim Kring desistiu de escrever.

Por Davi Garcia

Anúncios

Comentários»

1. Felipe Inocente - terça-feira 4 dezembro, 2007

Ah, por mim soh mataram a Niki pq ela tinha o vírus, e como Sylar robou o sangue, o Peter destruiu o restante, e o Volume 2, que tinha como problema o vírus, assim não tem como ninguém contaminar ngm e pronto, fim RIDÍCULO.

2. Alcir - quarta-feira 5 dezembro, 2007

Concordo plenamente, tanto a série quanto o final foram ridículos. O pior, é que tem gente, de mtos blogs por aí, falando que o volume 2 foi fantástico, o final maravilhoso, enfim… Como tem gnt besta nesse mundo…

3. Carlos Guedes - quarta-feira 5 dezembro, 2007

Gente besta? Vocês não gostam é de suspense… E o atirador para quem sabe observar era o Sylar!!!! Façam zoom nessa hora para verem que é o Sylar. Opiniões são opiniões mas julgar os outros sem saber quas são as suas ideias eu acho abuso de juízo de valor. Se puder revejam a serie toda e tentem olhar com outros olhos. Eu concordo que o inicio foi fraco mas o fim deixou curiosidade até porque EXISTIU UM GANCHO que era o da terceira temporada se chamar villains e o Sylar recuperar seus poderes e dizer I’m Back.

4. Thiagoo - quarta-feira 5 dezembro, 2007

O final foi péssimo, eu gostava mt da Niki eu acho q ela poderia ter rendido uma boa luta com um vilão ou uma boa historia, e matar o Nathan agora no fina do campeonato foi ridiculo, eu acharia melhor se eles tivessem esperado a greve passar e continuar com a historia msm sem ter q fazer essa matança td q foi no 11º ep de Heroes, pq eles jogaram td na nossa cara, e Carlos me desculpe, mas aquele nau pode ser o Sylar, ja q ele estava em NY se nau me engano e o Nathan estava no Texas oO…

ou seja, eles avacalharam com Heroes.

5. Leonardo Paz - quarta-feira 5 dezembro, 2007

Eu fui um dos que estavam acreditandam em Heroes mesmo com todo mundo falando mal, mas esse final foi muito fraco.
Agora me desculpa Carlos, mas pra mim você ta erradão, que mané Sylar.
1º – Ele nao tinha o por que matar o Nathan, o cara tinha pego o sangue, lá ia querer saber de Nathan .
2º – O Nathan ia falar sobre a Companhia, logo quem matou foi a ….!!!
3º – A mama Petrelli disse que era inevitável, ou seja mais uma vez influencia da Companhia.
Obvio que quem matou foi o Noah Bennet “HRG”.
Muito Fraco Heroes

6. Leonardo Paz - quarta-feira 5 dezembro, 2007

Carlos você gosta de suspense???
assista Lost e Dexter.
Espero muito que o Volume III de Heroes volte com pelo menos a metade da qualidade que teve o Volume I , que nem 1/4 da falta de coerência que teve o Volume II

7. Italiano - quarta-feira 5 dezembro, 2007

O pior deste segundo volume, eh que vc assite o primeiro volume, que é muito legal, fica na maior expectativa por meses para ver os próximos episódios e e repente tenho que me contentar com isso.
Eu fico imaginando como alguem conseguiria pegar uma serie tão interessante como Heroes é e transformar num conto medíocre. O segundo volume tem seus pontos fortes, mas pra quem virou fã da serie, deixa MUITO a desejar. Eu ainda estou esperando o grande confronto entre Peter e o Sylar, pois os confrontos anteriores deles foram muito fracos.
Espero que eles usem de coerencia (como diz nosso amigo Leonardo) no proximo volume.

8. arthur andré - quarta-feira 5 dezembro, 2007

concordo,foi um final fraquissímo.eu assisti a primeira temporada e achei boa mas o final foi fraco.mas se compara com o final da segunda dá de 10 a 0.eu tava achando fraco mas quando chegou o four months ago ai eu achei legal e até o epi 10 tava empolgado.aí quando soube que ia acabar no epi 11,pensei”vixi,vai ser uma merda”.dito e feito.
pois é davi o cara ta precisando de aula dos caras de lost e dexter(q só assisti um episodio mas ja vi que é muito bom).
muitos personagens sem sentido
muitas coisas naum explicadas
muitas coisas mal explicadas
muitas coisas sem noção
ou seja decepção total!

mas eu acho que a terceira pode ser boa então vamo torcer pois to quase desistindo de heroes

9. Carlos Guedes - quarta-feira 5 dezembro, 2007

Bem… A teoria de ter sido o Bennet a matar o nathan até é aceitável. mas por mais que essa temporada tenha sido mais fraca que a primeira eu gostei do indicio a uma terceira temporada focada nos vilões. E será quem ninguem gostou de, apesar de ser estranho, a dupla Adam e Peter trabalhando juntos até chegar ao cofre?
A minha única preocupação agora é essa shit dessa greve continuar por mais tempo. Lost ta perdido (literalmente), Jericho não se sabe se vão ser só 6 episodios, ta tudo mal. Até o Jack bauer vai se aposentar de repente…

Deus salve as séries e abaixo a merda dos reality shows!!!!

10. Raphul - quarta-feira 5 dezembro, 2007

Só pra levantar mais uma falha terrivel desse péssimo Volume II: e a namorada do Peter, deixada no futuro devastado pelo virus? Os produtores mataram ela sem que ao menos percebessemos e justamente atraves do Peter, que sempre pensa no bem de todos. Será que ela será resgatada no Volume III ou ela continuara morta ou perdida no espaço/tempo (como diria Hiro)?
É só.

11. Renato Frigo - quinta-feira 6 dezembro, 2007

nossa ta na cara que o nathan vai receber o sangue da clair e voltar…quem atirou nele foi o Noah…pai da Claire…nao o Sylar
Foi um final bom…foi…poderia ter sido melhor…claro
meu sonho ainda ‘e ver o morinder morrendo…rsrs

12. Dudu Maroja - sexta-feira 7 dezembro, 2007

Concordo com tudo.. menso com a Parte do Mohinder.. o Mohinder so tinha uma coisa na cabeça.. Molly .. ele faria tudo pra que ela ficasse bem, nao arriscaria a vida dela por um plano qualquer.. e ate onde consta.. Mohinder nao sabia que o Syler estava sem poderes… tanto que ele se espantou de saber que ele estava com o virus..

eu so fiqui surpreso de ouvirmos na serie o barulho de relogio que era caracteristica dos poderes do Sylar funcionando, mesmo ele com o virus..

E ficou mais do que claro que atirou no Nathan foi o Noah

13. Dudu Maroja - sexta-feira 7 dezembro, 2007

Ps: o Peter pode dar o seu proprio sangue pra Salvar o Nathan.. afinal os poderes de cura da\do Clair\Adam estao com ele tambem.

14. Dudu Maroja - sexta-feira 7 dezembro, 2007

Ps3: ( mal ae auhaau ) Alejandro e Maya acabaram sendo o Paulo e a Nikki do Heroes

15. Kelvin Henrique - segunda-feira 17 dezembro, 2007

Lost foi encontrada, mas quem se perdeu de vez foi Heroes… Que temporada medíocre e que finalzinho mais sem graça, deixando a última coisa “menos pior” pros últimos 2 minutos…

“o time de roteiristas de Heroes precisa urgentemente pegar umas aulinhas com a turma de Lost” [2]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: