jump to navigation

SAG Awards 2008: Os Vencedores segunda-feira 28 janeiro, 2008

Posted by Dude in Premiações, Uncategorized.
2 comments

 

 

Depois de um Globo de Ouro sem graça, pelo menos os atores tiveram uma oportunidade de desfilar pelo tapete vermelho exibindo seus modelitos. O Screen Actors Guild (SAG) Awards 2008 foi realizado na noite de ontem no Shrine Auditorium, em Los Angeles. Para quem não pode acompanhar, os grande vencedores:

Cinema

Ator: Daniel Day-Lewis, “There Will Be Blood”
Atriz: Julie Christie, “Away From Her”
Ator Coadjuvante: Javier Bardem, “No Country for Old Men”
Atriz Coadjuvante: Ruby Dee, “American Gangster”
Elenco: “No Country for Old Men”
Dublês: “The Bourne Ultimatum”

Televisão

Ator em filme ou mini-série: Kevin Kline, “As You Like It”
Atriz em filme ou mini-série: Queen Latifah, “Life Support”
Ator em Série (Drama): James Gandolfini, “The Sopranos”
Atriz em Série (Drama): Edie Falco, “The Sopranos”
Ator em Série (Comédia): Alec Baldwin, “30 Rock”
Atriz em Série (Comédia): Tina Fey, “30 Rock”
Elenco em Séries (Drama): “The Sopranos”
Elenco em Séries (Comédia): “The Office”
Dublês: “24 Horas”

Anúncios

007 – 22º filme já tem título quinta-feira 24 janeiro, 2008

Posted by Dude in Cinema, Notícias.
1 comment so far
Conhecido até então como Bond 22, o novo filme da franquia mais antiga do cinema já tem nome oficial, Quantum of Solace. Um título bem diferente sem dúvida e que faz referência a um conto de Ian Fleming presente no livro “For your Eyes Only” (Somente para seus Olhos) publicado em 1960. O que se sabe até hoje, é que o filme vai dar continuidade à história de Cassino Royale, começando inclusive poucos minutos depois dos eventos que encerraram aquele filme.
Sobre o título, vale mencionar que o tal conto que tem o mesmo nome na verdade coloca James Bond como um mero coadjuvante/ouvinte de uma história contada pelo governador colonial da Jamaica. E mais, essa tal história não tinha nada a ver com espionagem, ação ou aventura, e concentrava-se basicamente em um relacionamento mal sucedido… Hã? Mas então que idéia louca é essa de fazer o filme com um título que dá idéia de adaptação? Bom, nada foi dito a respeito, mas se levarmos em conta tudo o que já foi revelado sobre a trama desse 22º filme (Bond vai atrás da organização criminosa por trás dos eventos de Cassino Royale), parece-me óbvio que do tal conto, o único elemento que será utilizado é justamente a questão do relacionamento mal sucedido (no caso, Bond e Vesper Lynd) e por isso não tenho dúvidas de que com Paul Haggins novamente responsável pelo roteiro e com Marc Foster na direção, é certo esperar um retrato de Bond novamente mais humano, mas que ainda assim não deixará de lado o clima de ação e aventura tão característicos da saga.
Por Davi Garcia

Heath Ledger – A precoce morte de um talento quarta-feira 23 janeiro, 2008

Posted by Dude in Cinema, Notícias.
9 comments

Para quem gosta de cinema e sobretudo de um trabalho dedicado de ator, a notícia da morte do jovem australiano Heath Ledger ocorrida na tarde de ontem (22/01) veio como um bomba. Aos 28 anos, Ledger parte precocemente deixando milhões de fãs de seu trabalho com a sensação de terem perdido um verdadeiro artista na essência da palavra e um jovem que despontara como galã mas que optara por ignorar personagens fáceis e arriscou tudo quando resolveu fazer um dos cauboys gays de Brokeback Mountain, ocasião que acabou lhe rendendo o reconhecimento de seu talento e uma indicação ao Oscar. Atualmente o ator alimentava grande parte da ansiedade de muitos cinéfilos e fãs à espera de sua (já elogiada) perforance como o Coringa do novo filme do Batman.

Até o momento não se sabe quais foram as causas da morte do ator, mas suspeita-se que tenha sido provocada por uma ingestão exagerada de remédios que incluiam pílulas para dormir ou mesmo drogas ilícitas… Muito triste. Para quem gostava do ator, deixo as palavras do jornalista Chico Fireman do portal G1 que disse o seguinte:

“Num mundo de estrelas jovens cada vez mais caretas, Ledger era algo como o último rebelde do cinema norte-americano, uma das sete faces de Bob Dylan em “Não estou lá”. Hoje, diante da notícia de sua morte, o único bálsamo é saber que sua despedida nas telas tem tudo para ser lembrada para sempre. Num dia triste, o cinema não perde um astro, mas algo cada vez mais raro em Hollywood, um ator maiúsculo.”

 

Descanse em paz Ledger…

OSCAR 2008: Os Indicados terça-feira 22 janeiro, 2008

Posted by Dude in Premiações.
3 comments

Os indicados ao Oscar 2008 nas principais categorias são:

Melhor Filme

Desejo & Reparação
Conduta de Risco
Onde os Fracos não tem vez
Juno
Sangue Negro

Diretor

Julian Schanbel, O Escafandro e a Borboleta
Jason Reitman, Juno
Tony Gilroy, Conduta de Risco
The Coens, Onde os Fracos não tem vez
Paul Thomas Anderson, Sangue Negro

Ator

George Clooney, Conduta de Risco
Daniel Day-Lewis, Sangue Negro
Johnny Depp, Sweeney Todd
Tommy Lee Jones, No Vale das Sombras
Viggo Mortensen, Senhores do Crime

Atriz

Cate Blanchett, Elizabeth: The Golden Age
Julie Christie, Longe Dela
Marion Cotillard, Piaf – Um hino ao Amor
Laura Linney, The Savages
Ellen Page, Juno

Ator Coadjuvante

Casey Affleck, The Assassination of Jesse James…
Javier Bardem, No Country For Old Men
Phillip Seymour Hoffman, Jogos do Poder
Hal Holbrook, Na natureza selvagem
Tom Wilkinson, Conduta de Risco

Atriz Coadjuvante

Cate Blanchett, Não estou lá
Ruby Dee, O Gângster
Saorise Ronan, Desejo & Reparação
Amy Ryan, Gone Baby Gone
Tilda Swinton, Conduta de Risco

Roteiro Original

Juno
Lars and the Real Girl
Conduta de Risco
Ratatouille
The Savages

Roteiro Adaptado

Desejo & Reparação
Longe Dela
O Escafandro e a Borboleta
Onde os Fracos não tem vez
Sangue Negro

Filme Estrangeiro

Beaufort, Israel
The Counterfeiters, Austria
Katyn, Poland
Mongol, Kazakhstan
12, Russia

Longa de Animação

Persepolis
Surf’s Up
Ratatouille

E aí, surpreso(a) com alguma indicação? Faltou alguém? Bem, mais tarde farei um curto comentário sobre os principais indicados, mas sinta-se convidado(a) a comentar e deixar sua opinião 😉

24 HORAS – 7ª temporada só em 2009? quinta-feira 17 janeiro, 2008

Posted by Dude in 24 Horas, Séries.
6 comments

Fãs de Jack Bauer, é hora de rezar. Parece que a produção da série passa por um momento muito tenso. Depois da prisão do ator Kiefer Sutherland, agora é a vez da greve dos roteiristas complicar um pouco mais a situação. Sem previsão para o fim da paralisação, o colunista da TvGuide, Michael Ausiello, afirma que a FOX está cogitando não exibir 24 Horas esse ano. Mesmo que a greve acabe hoje, a emissora não pretende exibí-la durante o verão americano. As opções que sobram também não são lá essas coisas. A primeira delas seria empurrar a nova temporada somente para janeiro de 2009, o que deixaria Jack Bauer fora da telinha por quase 2 anos. A outra opção, um pouco pior, seria exibir os 8 episódios que estão gravados dividos em 10 ou 14 episódios, o que acabaria de vez com o conceito de “tempo real” da série. Enfim, as opções não parecem boas e os fãs estão realmente preocupados com o legado de Jack Bauer.

Medium: Estréia da Quarta Temporada quinta-feira 17 janeiro, 2008

Posted by Dude in Medium, Séries.
add a comment

 

Em tempos de incerteza, causada pela greve dos roteiristas americanos, a série Medium, do canal NBC, estreou sua quarta temporada na semana passada, dia 07 de janeiro, com o episódio 4×01, “And Then”. Para quem nunca assistiu nenhum episódio ou nunca ouviu falar do programa, a série conta a história de Allison Dubois, interpretada por Patricia Arquette, que já ganhou um Emmy por este trabalho. Além de mãe de família, ela usa suas habilidades mediúnicas para auxiliar na investigação de crimes junto à Promotoria, extra-oficialmente. Allison tem sonhos e visões que revelam pistas que ajudam a solucionar os casos. Em casa, tem um marido super gente boa e três filhas que parecem ter herdado suas habilidades e sensibilidades.

No final da temporada passada, a natureza do seu trabalho foi revelada ao grande público por uma jornalista, causando uma série de transtornos. Allison foi demitida e seu marido (Jake Weber) também. A situação também complicou para os seus colegas. O policial Lee Scanlon (David Cubitt) foi transferido de departamento e Devalos (Miguel Sandoval) , o promotor, dispensado de suas funções. Esse é o cenário no qual a quarta temporada é introduzida.

Apesar de não estar trabalhando, Allison continua tendo sonhos e visões sobre os crimes que abalam a cidade. Dessa vez, ela sonha com o seqüestro de um menininho e fica extremamente angustiada, pois o novo promotor não quer ouvir falar em seu nome, quanto mais permitir que participe das investigações. A solução que ela encontra é ligar para o número criado para receber informações e distribuir recompensas a quem conseguir dar pistas que levem ao menino. Então, ela é procurada pela detetive particular Cynthia Keener, numa participação mais do que especial de Angelica Huston, que deve permanecer no elenco por seis episódios.

Allison é determinada e corajosa. Mesmo com todos os obstáculos impostos pela nova Promotoria ela consegue mobilizar o policial Lee Scanlon e seus sonhos levam ao encontro do criminoso. Enquanto isso, sua família passa por alguns apertos financeiros, o que a leva a aceitar numa boa a proposta de parceria com Cynthia Keener, para colaborar nas investigações que ela comanda junto à uma empresa de seguros.

Uma inovação interessante desse começo de temporada foi a substituição do tradicional “previously” pelo depoimento de fãs e figurantes que contavam os momentos mais marcantes e inesquecíveis da última temporada.

Apesar de ser uma série pouco badalada, Medium tem um bom roteiro, excelentes atores e histórias intrigantes. Vale a pena dar uma conferida e acompanhar a rotina de Allison Dubois. A quarta temporada promete!

Por Juliana Ramanzini

Arquivo X: Primeiras Imagens de Mulder e Scully Juntos no 2º filme quinta-feira 17 janeiro, 2008

Posted by Dude in Cinema.
6 comments

Com o 2º filme cada vez mais perto de ser concluído (as filmagens ocorrem no Canadá), a ansiedade de todo fã da amada e já clásica série Arquivo X começa a aumentar ainda mais com a divulgação das primeiras imagens reunindo Mulder e Scully. E para apimentar ainda mais esse clima, confira abaixo a tradução da matéria publicada hoje pelo USA Today sobre o filme.

Por Scott Bowles para o USA TODAY

Tradução e adaptação por Davi Garcia

A sequência está lá fora, mas as teorias da conspiração não estarão.

Dez anos depois do primeiro filme e seis anos depois da série sair do ar, Arquivo X retorna ao cinemas com Fox Mulder e Dana Scully – e com muitas apostas de que os fãs querem mais dos agentes do FBI que investigam fenômenos paranormais.

O filme, que ainda continua sem título oficial, vai deixar de lado a clássica trama mitológica – que inclui alienígenas entre nós e que fazem parte de um esforço de colonização do planeta – que tornou a série uma das mais populares da tv no final dos anos 90 mas que acabou perdendo uma audiência que achava que a série havia ficado complexa e ambígua demais.

“Dedicamos muito tempo [à mitologia da série] e resumimos muitos assuntos quando a série saiu do ar em 2002”, disse Chris Carter, criador da série e diretor do novo filme. “Queremos um filme que se sustente sozinho e não um de conspiração”.

Isso vair ser o sinal de boas vindas para os fãs daqueles episódios isolados da série (os chamados ‘Monstros da semana’), e que incluiam cultos, fantasmas, videntes e maldições antigas.

Carter se recusa a divulgar qualquer ponto da trama do filme, mas diz que quis fazer o filme imediatamente depois que a série acabou. Uma disputa contratual com a 20th Century Fox manteve o projeto na gaveta até o acordo que ser feito nos tribunais.

Carter no entanto diz que o atraso pode ter se tornado uma benção.

“Há uma grande audiência para quem quero apresentar Arquivo X”, diz ele. “Haviam crianças que não podiam ver a série na tv porque era assustador demais. Agora elas estão na faculdade. E queria fazer um filme que todo mundo pudesse assistir”.

Isso pode ser um teste para o legado da série, disse Blair Butler do G4TV, que reune entusiastas de video games e fãs de ficção científica.

“Quando a série estava no auge, ela tinha episódios isolados realmente assustadores”, diz ela. “Agora eles parecem querer tornar isso em franquia. Mas muitos anos se passaram. Vamos ver se a série saiu do radar ou não”. Ela diz inclusive que o filme pode se beneficiar de um fato irônico: a greve dos roteiristas americanos.

“Penso que o filme pode ser um tipo de alento para as pessoas que amavam a forma original da série e não estão vendo coisas originais na tv agora”, pondera ela.

Mas Carter acredita que o público será atraído por outra coisa: as estrelas da série, David Duchovny e Gillian Anderson.

“Para mim, Arquivo X sempre foi um romance”, diz ele. “Eles tinham um romance intelctual que é muito raro e contido comparado a muitos outros relacionamentos da tv. Acho que era isso que mais atraia os fãs. E eles estão de volta”.

E como isso é bom, não?

Pôster do Filme Sex and the City quinta-feira 17 janeiro, 2008

Posted by Dude in Cinema.
add a comment

Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall, Kristin Davis e Cynthia Nixon estão de volta com Sex and the City: The Movie, com estréia prevista para 30 de maio de 2008. Confira o pôster promocional!

ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ (Filme) sexta-feira 4 janeiro, 2008

Posted by Dude in Cinema.
add a comment

Filme indicado ao Globo de Ouro 2008 em 4 categorias : melhor filme de drama, ator coadjuvante, diretor e roteiro

Sinopse: No oeste do Texas, veterano do Vietnã aproveita uma negociação malfeita de drogas para fugir com US$ 2 milhões. Porém, ele passa a ser perseguido por um assassino psicopata aparentemente interessado no dinheiro.

Estréia no Brasil: 01 de fevereiro de 2008

Se tivesse que resumir Onde Os Fracos Não Tem Vez em poucas palavras, diria facilmente que o filme é uma investida ousada dos irmãos Coen em um faroeste moderno subvertido que usa e abusa do velho e batido jogo de gato e rato para sustentar sua história. Contudo, seria injusto limitar o comentário de forma tão superficial, já que o filme oferece uma visão crítica pouco condescendente para qualquer um dos personagens, uma vez que é difícil definir se há realmente mocinhos na história.

Aliás, histórias, pois o filme apresenta-nos a três. A primeira segue o sociopata Anton Chigurh (Javier Bardem) provocando uma verdadeira carnificina no deserto do Texas. A segunda apresenta-nos Llewelyn Moss (Josh Brolin), caçador e veterano de guerra que depara-se com o resultado de um confronto de uma operação com drogas mal sucedida e acaba encontrando uma maleta com 2 milhões de dólares. E finalmente a terceira, que envolve o sherife Ed Bell (Tommy Lee Jones), um homem metódico que parece sempre estar um passo atrás dos outros dois. Essas três histórias, claro, se cruzam. Chigurh está tentando recuperar o dinheiro das drogas em poder de Moss enquanto o sherife investiga os passos de ambos.

Muito tem se falado sobre a atuação do ator espanhol Javier Barden como o sociopata Chigurh. É inegável que o personagem tem presença de cena sem demonstrar qualquer simpatia, e é correto também ler o personagem como uma força selvagem da natureza pronta para matar a seu bel prazer, e exatamente por isso fica uma leve decepção no ar quando percebe-se que o filme tenta vender a idéia de que Chigurh age daquela forma por dinheiro quando isso é absolutamente falso. O mesmo contudo, não se pode dizer sobre Moss, o homem que fica obcecado pelo dinheiro encontrado e que arrisca tudo por causa dele mesmo sabendo que o preço a pagar seria alto demais. Já o sherife Bell, faz o cara correto mas que já não quer mais se envolver com a sujeira que o mundo reserva, o que também não o isenta de culpa nem o livra de ser uma figura condenável, embora claro, ele seja uma figura chave para nos conectarmos à história. Na essência Onde Os Fracos Não Tem Vez é um filme bastante violento, mas que por ironia lança-nos à uma reflexão curiosa sobre a morte e sobre a natureza do homem mal, tornando o exercício algo difícil de ignorar.

Por Davi Garcia

007 – Bastidores das Gravações de “Bond 22” sexta-feira 4 janeiro, 2008

Posted by Dude in Cinema.
1 comment so far

Foram divulgadas algumas ótimas imagens de Daniel Craig durante as gravações do novo filme de James Bond, por enquanto conhecido apenas como “Bond 22” (por ser o 22º da franquia). Vale destacar também que esta é a segunda participação de Craig em um filme de 007 .

Segundo a Variety, o ator francês Mathieu Amalric  interpretará o vilão em Bond 22, filme que como já apontamos antes, será dirigido por Marc Forster (O Caçador de Pipas, Em Busca da Terra do Nunca) e tem estréia prevista para 07 de novembro de 2008.

 

Por Juliana Ramanzini