jump to navigation

Oscar 2008: Os Vencedores segunda-feira 25 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Cinema, Premiações.
add a comment

Realizado na noite de ontem no Kodak Theather, em Los Angeles, a edição de nº 80 dos Academy Awards, o Oscar, já tem seus grandes vencedores. Sem muitas surpresas, o grande destaque da cerimônia foi o filme dos irmãos Cohen, “Onde os Fracos não tem vez“. Confira abaixo lista dos ganhadores nas principais categorias!

Melhor Filme
Onde os Fracos não tem vez

Diretor
The Coens, Onde os Fracos não tem vez


Ator

Daniel Day-Lewis, Sangue Negro

Atriz
Marion Cotillard, Piaf – Um hino ao Amor

Ator Coadjuvante
Javier Bardem, No Country For Old Men

Atriz Coadjuvante
Tilda Swinton, Conduta de Risco

Roteiro Original
Juno

Roteiro Adaptado
Onde os Fracos não tem vez

Filme Estrangeiro
The Counterfeiters, Áustria

Longa de Animação
Ratatouille

Anúncios

CLOVERFIELD (Filme) quinta-feira 14 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Cinema.
5 comments

Sinopse: Cinco jovens nova iorquinos armam uma festa de despedida para um amigo que está se mudando de cidade. Nessa mesma noite um monstro gigante surge na cidade causando pânico e destruição. A história é toda contada através da gravação de uma câmera que estava com um dos jovens do grupo e documenta a tentativa deles de sobreviver ao evento mais surreal e assustador de suas vidas.

Data de estréia no Brasil: 08 de fevereiro de 2008

Quero ser J.J. Abrams quando crescer. Em resumo essa frase aponta meu grau de êxtase depois de assistir Cloverfield. Reiventando um gênero que parecia a muito saturado, Abrams ao lado do roteirista Drew Goddard (responsável por alguns dos melhores episódios das séries Alias e Lost, ambas desenvolvidas pela Produtora de JJ, a Bad Robot) e do diretor Matt Reeves, criou um dos filmes de monstro no melhor estilo Godzilla com absurda competência lançando o espectador em um dos exercícios de imersão mais fantásticos que já tive oportunidade de experimentar em uma sala de cinema.

Cloverfield não é só um filme sobre um monstrão que surge do nada para destruir tudo ao redor, ele é sobretudo um pequeno estudo sobre a natureza do comportamento humano frente situações absolutamente inimagináveis e que exige decisões difíceis, arriscadas e que colocam em cheque os limites pelo instinto de sobrevivência. Tudo começa de forma serena com uma festinha de despedida rolando na casa de Rob, um jovem em rota de mudança para outro país. Na tal festa está também Hud, amigo de Rob e responsável por gravar depoimentos dos presentes sobre o dono da casa. Durante os 15 ou 20 primeiros minutos do filme somos apresentados a alguns dos personagens que comporão o flagrante de sobrevivência que será retratado pela câmera nas mãos de Hud pelos próximos 60 minutos de filme quando acompanhamos a desesperada fuga daquele grupo de amigos pelas ruas e subterrâneos de Nova York. “Simples” assim.

Imagino que muita gente tenha torcido o nariz quando descobriu qual era o mote central do filme, mas a verdade é que fugindo do esteriótipo de um simples entretenimento bobo e escapista, Cloverfield termina oferecendo-nos uma visão nua e crua sobre o terror e suas consequências quer ele tenha sido gerado nas ações de um Osama Bin Laden da vida ou de um monstrão bizarro.

Por Davi Garcia

Primeiro Trailer de INDIANA JONES e o Reino da Caveira de Cristal quinta-feira 14 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Cinema.
add a comment

A tão esperada continuação da saga de Indiana Jones já tem um trailer oficial! A versão postada no Youtube ainda não é das melhores, mas já dá para matar a curiosidade e fazer crescer nossa ansiedade. Com previsão de estréia para maio de 2008, o elenco traz o insubstitível Harrison Ford, Cate Blanchett, Shia LaBeouf, entre outros. Confira!

JERICHO – Retorno da série decepciona na audiência quinta-feira 14 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Jericho, Séries.
8 comments
Será que Jericho terá esse destino em função da audiência?

Os fãs de Jericho se uniram e protestaram. A CBS teve que se livrar de toneladas de amendoins. E incrivelmente, os fãs ganharam a batalha e conseguiram com que a série não fosse cancelada e que mais sete episódios fossem produzidos. E 12 de fevereiro foi o grande dia, a estréia na TV da tão esperada segunda temporada. Mas, infelizmente, essa estréia conseguiu marcar a pior audiência da série desde o primeiro episódio. Para terem um idéia, o episódio 20 da primeira temporada teve pouco mais de 7,5 milhões de telespectadores. A estréia da segunda temporada marcou cerca de 7,1 milhões. Para os padrões da CBS, são números muito baixos.

Sabemos que a sobrevivência de Jericho na TV vai depender exclusivamente da audiência e que os números neste caso importam sim. A questão é que muitas pessoas já assistiram os três primeiros episódios que vazaram na internet no mês passado, o que por tabela pode significar que nem tudo está perdido. O grande teste para Jericho será a exibição do quarto episódio no dia 04 de março. O mais injusto é que a segunda temporada realmente está muito boa e exatamente por isso seria um desperdício não dar continuidade à história. Os produtores prometeram que esses sete episódios vão dar conta de resolver a trama e ainda assim deixar um possível gancho para uma terceira temporada, ou no mínimo para a produção de mais episódios. E é claro que queremos mais!

Por Juliana Ramanzini

Acordo para o fim da greve já está fechado sábado 9 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Greve dos Roteiristas, Notícias.
add a comment

Corroborando a informação dada pelo CEO da Disney na última 5ª feira, a Variety confirmou hoje que o Sindicato dos Roteiristas (WGA) realmente fechou uma tentativa de acordo com a Aliança dos Produtores de tv e Cinema (AMPTP). Segundo o site, os presidentes do WGA enviaram um e-mail para os membros do sindicato nessa madrugada alertando-os que foi feito um acordo um acordo “que protege um futuro no qual a internet se torna a principal fonte tanto para criação quanto para a divulgação de conteúdo.”

Para ler todos os termos (em inglês) basta clicar AQUI.

Vale lembrar que hoje os membros do WGA se reunirão em Los Angeles e Nova York, e ao que tudo indica que tais reuniões servirão apenas para celebrar a conquista e oficializar o fim da greve.

Por Davi Garcia

Presidente da Disney afirma: A greve acabou sexta-feira 8 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Greve dos Roteiristas, Notícias.
3 comments

Se é verdade ou não descobriremos no sábado, mas que a notícia veiculada pela CNBC é para lá de animadora isso é. Confira abaixo a tradução feita pelo leitor do Dude, we are Lost, Raphael Aguiar.

 

Um acordo foi firmado entre as maiores companhias de mídia e a Writers Guild of America selando o fim da greve dos roteiristas, revelou o executivo chefe da Walt Disney Michael Eisner à CNBC.

Eisner, CEO da Disney

“Acabou – disse Eisner – Eles fizeram um acordo, firmando-o com um aperto de mão. Isso será divulgado aos roteiristas em geral no Sábado.”Eisner, falando ao vivo no programa da CNBC “Fast Money” pareceu hesitar inicialmente sobre se haveria ou não uma possibilidade dos escritores rejeitarem o acordo, mas no fim sugeriu que essa aceitação era inevitável.

“Um acordo foi feito e eles voltarão ao trabalho muito em breve – disse Eisner – Eu sei que um acordo foi feito e que a greve está acabada.”

Eisner não detalhou os termos do acordo. Ele disse que provavelmente a maioria das companhia de mídia terão uma pequena baixa de roteiristas como resultado do acordo e também disse que o acordo foi firmado na última sexta-feira.

Como resultado dos cortes feitos pelos estúdios, no entanto, muitos dos roteiristas que entraram em greve provavelmente não irão obter os mesmos contratos milionários que tinham com os estúdios, acrescentou Eisner.

As ações da Walt Disney Company e da CBS estão ambas em alta na quinta-feira.

 

Agradecimentos ao Raphael pela valiosa colaboração 😉

Redes de tv americanas preparam-se para voltar ao trabalho quarta-feira 6 fevereiro, 2008

Posted by Dude in 24 Horas, Big Bang Theory, Brothers & Sisters, C.S.I., Californication, Cane, Dexter, Greve dos Roteiristas, Grey's Anatomy, Heroes, Journeyman, K-Ville, Matérias, Notícias, Pushing Daisies, Séries, SuperMáquina, The Office, The Tudors.
add a comment

Possibilidade de acordo acelera planos de contingência

Por Nellie Andreeva para o The Hollywood Reporter
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Depois de quase 3 meses, os telefones dos agentes começaram a tocar de novo na última segunda-feira em função do burburinho surgido no final de semana em Hollywood apontando o iminente fim para a greve dos roteiristas.

As conversações ainda estão na fase exploratória uma vez que o acordo entre os roteiristas e os estúdios ainda está sendo finalizado, contudo o plano de contingência traçado pelas redes de tv e pelos estúdios aponta que séries já conhecidas voltariam ao ar na média de quatro semanas (caso das comédias) a seis semanas (caso dos dramas) depois do anúncio oficial de término da greve.

Quão rápido cada série pode voltar à produção depende do status dos roteiros antes da greve. O tempo de preparação necessário para as comédias seria de duas semanas e para as séries dramáticas mais elaboradas quatro. Contudo, as redes não devem dar sinal verde para que todas as séries voltem a produzir novos episódios essa temporada, o que não significa necessariamente que essas séries serão automaticamente canceladas.

“Cada rede de tv precisa decidir quais séries voltam para terminar a temporada”, disse um executivo de canal.

Algumas séries novatas e dramas mais complexos podem não ter novos episódios essa temporada mas poderiam ser confirmadas para a próxima dando a seus times criativos tempo para trabalhar, dizem algumas fontes. Dentre as séries apontadas como prováveis candidatas a retomarem suas produções no verão estão Heroes da NBC, que poderia ter uma exibição prolongada na próxima temporada, e a elogiada Pushing Daisies da ABC.

Contudo, outros apontam que as redes podem querer ter mais episódios de todas as suas séries prontos como contingência caso uma greve dos atores aconteça no meio do ano.

24 Horas da Fox também é uma das séries apontadas como uma das que prontamente retornarão à produção. Apesar da provável possibilidade da série não ter novos episódios exibidos nesta temporada, ela seria retomada rapidamente para evitar a perda de alguns dos atores necessários para o arco dos 24 episódios e cujos contratos vencem em breve.

Outras que também devem ter suas produções retomadas rapidamente são: Grey’s Anatomy, Lost, Desperate Housewives e Brothers & Sisters da  ABC; a franquia CSI, Without a Trace e Cold Case além das comédias Two and a half Men e The Big Bang Theory todas da CBS e Til Death da Fox.

The Office daNBC tem um roteiro pronto para ser rodado, já que à época do início da greve dos roteiristas, Steve Carell (estrela da série) recusou-se a cruzar a linha dos piquetes para trabalhar.

O fim da greve também trará respostas sobre o futuro das séries de baixa audiência que foram colocadas no limbo por causa da greve. Não se espera que sejam solicitados novos episódios de séries como Big Shots da ABC, Cane da CBS, Jounrneyman da NBC e K-Ville da Fox, embora algumas fontes indiquem que Cane ainda pode ter chances de sobreviver já que é a única que tem vários roteiros prontos.

As coisas ficam mais complicadas quando o assunto são séries em desenvolvimento. Todas as redes com exceção da NBC deram adeus ao desenvolvimento de novas séries no mês passado por causa da greve. Elas ainda podem optar por lançarem pilotos nessa temporada, mas quando a greve acabar, elas estarão em um período no qual normalmente todos os pilotos já receberam sinal verde ou não. E por isso para ter algo novo na tela, elas teriam que recorrer aos rascunhos discutidos antes já que poucos novos roteiros foram entregues antes da paralisação.

Poucos pilotos incluindo The Oaks da Fox e o filme/piloto da Supermáquina da NBC,  foram filmados durante a greve. Vários outros incluindo The Man of Your Dreams da NBC e os dramas da Fox The FBI e Saint of Circumstance estão programados para entrar em produção logo após o fim da greve.

Um iminete fim da greve não traria qualquer mudança aos planos das redes de tv a cabo americanas.

Caso a greve termine no final do mês, roteiros seriam produzidos logo depois para os dramas The Closer e Saving Grace da TNT que poderiam ser exibidas ainda durante o verão americano conforme eram esperadas.

Já para as séries do canal USA, um portavoz declarou que a programação de verão do canal também permaneceria praticamente intacta se a greve terminar ao longo das próximas semanas. As datas de estréia de algumas séries teriam que ser adiadasmas apenas por algumas semanas.

Já o Showtime também não enfrentaria problemas, uma vez que as gravações da segunda temporada de The Tudors já foram encerradas e as de Brotherhood, Dexter e Californication não devem começar antes de junho.

007 Daniel Craig fala sobre o 22º filme terça-feira 5 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Cinema.
1 comment so far

Se você gosta dos filmes do 007, a essa altura já deve ter lido aqui no blog ou em outros lugares que o novo filme do agente James Bond já tem título oficial, não é mesmo? Pois então fiquem agora com uma breve entrevista que o ator Daniel Craig concedeu à uma jornalista da Reuters.

 

Daniel Craig (007), Judie Dench (M) e o diretor Marc Foster

Por IVER HEATH da Reuters
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Daniel Craig está de volta como James Bond no filme “Quantum of Solace”, o 22º filme da franquia de sucesso que tem lançamento previsto para Novembro.

A Sony Pictures Entertainment convidou a mídia internacional para uma ida aos estúdios Pinewood nos arredores de Londres para revelar o título do filme e alguns detalhes da trama.

Daniel Craig, ator de 39 anos tem sido creditado como responsável por revitalizar a franquia e Cassino Royale, seu filme de estréia como o agente em 2006, alcançou a expressiva marca dos US$ 594 milhões ao redor do mundo de acordo com o site http://www.boxofficemojo.com

Você ficou preocupado com as críticas que recebeu quando foi escalado como o novo Bond?

“Eu deixei isso de lado quando filmava o último filme. Precisava fazer isso porque caso contrário eu não teria sido capaz de continuar. Eu teria levado isso a sério demais e teria desistido. As críticas vieram e ao entender os motivos e eu apenas segui em frente. Foi a partir daí que fiquei em paz com isso.”

Qual a diferença do Bond de Quantum of Solace para o de Cassino Royale?

“Para mim, agora ele tem mais controle sobre as coisas mas isso não significa que todos pensem o mesmo sobre ele.”

E sobre esse título? Ele não é exatamente muito simples de se explicar.

“Poderíamos ter um título mais vibrante, mas isso poderia indicar que estavamos inseguros sobre o que estamos tentando contar. O título vém de um conto de Ian Fleming que passa a idéia de que se em um relacionamento você não tem um ponto de conforto (quantum of solace) é melhor desistir dele. Quando Bond foi deixado no final de Cassino Royale com o coração quebrado e sem ter esse tal ponto de conforto, ele também não teve aquele desfecho sobre o que aconteceu em sua vida e precisa descobrir. O que é fascinante sobre isso é que ele também se aplica a algo muito importante na trama.”

Você teme que Quantum of Solace não corresponda à expectativa depois do sucesso de Cassino Royale?
“Eu não estou preocupado porque é tarde demais para isso, porque a coisa já aconteceu. Temos um diretor diferente, um elenco diferente, uma equipe diferente, uma atitude diferente com relação a esse filme, e ele tem que se sustentar por si só da mesma forma que aconteceu com o último. Eu não entraria nessa se não achasse que poderíamos distanciar-nos do filme anterior ainda que a história siga uma ordem cronológica.”

Como o papel de Bond afetou sua carreira?

“Acho que a pergunta deveria ser, como ele me afetará no futuro. O que posso dizer agora é que não é um peso ruim de se sustentar no momento.”

Prison Break no Superbowl segunda-feira 4 fevereiro, 2008

Posted by Dude in Prison Break, Séries.
1 comment so far
Durante o Superbowl, o maior evento da tv americana, foi exibido um vídeo promocional divertidíssimo de Prison Break. Confira!