jump to navigation

NIP/TUCK 5×01 (Série) quarta-feira 31 outubro, 2007

Posted by Dude in Nip/Tuck, Séries.
add a comment

Ep. 5×01 – Carly Summers (Inédito no Brasil)

Sinopse: Sean e Christian mudaram para Los Angeles. Como novatos na cidade eles precisam começar a estruturar o ‘negócio’ do zero, e o que eles pensavam que naturalmente aconteceria acaba exigindo mais esforço do que imaginavam e é aí que eles começam a descobrir um mundo totalmente novo.

Nip Tuck 5x01

Não foi um episódio sensacional esse retorno de Nip/Tuck, mas inegavelmente foi bem escrito e uma mostra de que essa 5ª temporada promete boas histórias. A grande verdade é que com a mudança para Los Angeles, a série ganhou um reboot importante que trouxe um frescor interessante à trama, e sem dúvida a plástica que a série precisava.

Gostei da aparição afetada do ator Oliver Platt como o produtor de Hearts N’ Scalpels (‘Corações e Bisturis’), a série dentro da série que surge na verdade quase como uma caricatura de Nip/Tuck, com Bradley Cooper (o Will Tippin de Alias) fazendo um médico no melhor estilo canalha a la Christian Troy. Esse primeiro episódio deu o tom do que deve ser a temporada, cheia de pacientes bizarros (claro) e com Christian voltando a ser o porra louca e de caráter questionável que adoramos ver encarando o risco de ter que viver à sombra de Sean, que como consultor médico da fictícia série deu o pontapé inicial para que a clínica deslanche na competitiva Los Angeles, onde como bem pontuou, o mais difícil é encontrar alguém que não tenha feito alguma plástica.

Por Davi Garcia

Anúncios

THE OFFICE pode ganhar um Spinoff terça-feira 30 outubro, 2007

Posted by Dude in Séries, The Office.
1 comment so far

The Office

A melhor comédia atualmente em exibição na tv pode ganhar em breve uma filial. Quem diz é o colunista da TvGuide Michael Ausiello, afirmando que a NBC estaria desenvolvendo um episódio de The Office que introduziria vários novos personagens que poderiam integrar o elenco de um spinoff da série estrelada por Michael, Dwight, Jim e Cia. Ausiello reforça ainda que diferente do que ocorreu em Private Practice (série derivada de Grey’s Anatomy), esse spinoff de The Office não ‘roubaria’ nenhum personagem da série matriz e mais, os produtores já estão à procura de um “nome” que possa liderar o elenco da potencial nova série.

Não sei quanto a vocês, mas eu gostei muito dessa possibilidade, já que o ambiente de empresas é riquíssimo em situações que servem para alimentar vários roteiros de comédia. Além disso, sempre tive curiosidade para saber o que acontece nas outras filiais da Dundler Mifflin, ou mesmo nos escritórios de uma empresa concorrente. Daria um bom argumento não acham?

Por Davi Garcia

HEROES 2×06 (Série) terça-feira 30 outubro, 2007

Posted by Dude in Heroes, Séries.
3 comments

Ep. 2×06 – The Line (Inédito no Brasil)

Sinopse: Peter sai em busca de respostas. West convence Claire a enfrentar alguém. Hiro luta contra seus sentimentos por Yaeko. Suresh tem problemas com a Companhia. Mr. Bennet tenta localizar outras pinturas de Isaac e Alejandro descobre que não pode confiar em Sylar.

Heroes 2x06

E lá vai Heroes em sua trajetória rumo ao abismo. Depois de uma estréia meia bomba e um segundo episódio melhorzinho, os que se seguiram até aqui, infelizmente só foram aumentando minha decepção. A triste verdade é que a essa altura eu acho que nem o fã mais radical da série consegue construir um argumento minimamente plausível que explique o porquê de tamanha enrolação em um roteiro tão pífio. Aliás eu não consigo entender como é que os produtores da série e mesmo os executivos da NBC não estejam enxergando isso e percebendo que o potencial produto que tem nas mãos está se esvaindo em uma sequência de equívocos lamentáveis que por sua vez têm encontrado ressonância nas seguidas quedas de audiência. Será que eles vão esperar a série marcar traço na medição da Nielsen (o ibope americano) para enfim retomarem as rédeas?

Sério, onde é que eles querem chegar com a trama dessa 2ª temporada? Como empolgar-se em meio à confusão de personagens com histórias totalmente desconexas? Por que por exemplo, ‘resetar’ um personagem (Peter) que estava absolutamente estabelecido na 1ª temporada e transformá-lo em um sujeito errante em busca de significados? E essa insistência na historinha sem graça dos irmãos Maya e Alejandro? Como é que essa coisa pode ter um desenvolvimento bom agora que Sylar já deixou explícito o que quer? Só falta o Alejandro ficar quietinho até ser morto por Sylar ao tentar salvar a irmãzinha… E o Mohinder? Bem, o professor tem ética, e não age para prejudicar os outros e blá blá… Será que esse discurso poderia ser mais chato depois dele ter recorrido exatamente aos que parecem ser os vilões da história para ajudar Molly? E onde foram parar Parkman e Nathan depois do ocorrido no episódio anterior? Ah e ainda tem a Claire, mas fica difícil dizer algo de interessante quando o máximo que os roteiristas conseguem para explicar sua aparição é torná-la líder de torcida de novo para nos lembrar que isso deve ser muito importante para a trama. Quanta criatividade!

Bom, desculpem pela rabugice, mas Heroes está abusando da minha paciência. Vocês sabem como é, depois que a gente começa a ver séries fantásticas como House, Lost e Dexter, o padrão de qualidade fica muito alto e não dá para engolir os erros de uma série que tinha tudo para ser bacaníssima e que ainda por cima brinca com a inteligência de seu espectador, afinal, ao apontarem que mais uma vez o objetivo da história será a de impedir a destruição de Nova York, roteiristas e produtores estão nos dizendo em alto e bom som que, “sim, somos muitos espertos e estamos reciclando a mesmíssima trama da 1ª temporada, e apostamos que vocês nem perceberam”. É ou não é para ficar decepcionado?

Por Davi Garcia

NIP/TUCK estréia 5ª Temporada segunda-feira 29 outubro, 2007

Posted by Dude in Nip/Tuck, Séries.
add a comment

Nip Tuck

Nessa 3ª feira 30 de Outubro, os cirurgiões plásticos mais controversos e polêmicos da tv voltam a chocar os mais puritanos com o início da 5ª temporada de Nip/Tuck no Fx americano. Eu acompanho a série desde sua 1ª temporada e garanto, ela é sensacional. Se você nunca viu, o momento de começar a curtir a história de Christian Troy e Sean McNamara é agora! Veja no Dude News! o bacaníssimo promo da nova temporada. E abaixo confira um curto segmento que traz as as visões e expectativas do elenco da série para o novo ano que traz mudanças radicais na trama.

E depois da estréia não perca meu comentário sobre o 1º episódio dessa nova temporada aqui no Dude!

Por Davi Garcia

DEXTER 2X05 (Série) segunda-feira 29 outubro, 2007

Posted by Dude in Dexter, Séries.
2 comments

Ep. 2×05 – The Dark Defender (Inédito no Brasil)

Sinopse: Dexter descobre que o homem que matou sua mãe bem na sua frente ainda está vivo. Quando ele conta a história para Lila, ela sugere que ele encare o homem como parte de sua jornada rumo à recuperação do vício, mas como sua tutora insiste em acompanhá-lo até o local.

Dexter 2x04

Confesso que já desisti de tentar entender como Dexter consegue ficar melhor a cada novo episódio. Sei lá, parece que não há limites para excelência dessa série. Quando começamos a pensar que já temos uma idéia mais clara sobre a complexidade do protagonista, lá vém esses roteiristas cheios de argumentos criativos e inteligentes para revelar mais uma faceta da personalidade de Dexter. E oque é melhor é que cada descoberta do público é também uma descoberta do próprio Dexter, constantemente mergulhado em situações absolutamente novas e repletas de significados emocionais que muitas vezes ele nem mesmo sonhara em experimentar. Se antes ser reconhecido como um verdadeiro herói era apenas parte da imaginação de Dexter (lembram do final da 1ª temporada?) , o surgimento da figura do Dark Avenger (algo como Vingador Negro) parece ter despertado de vez a sensação de queo que ele faz é realmente um mal necessário, quase um serviço de utilidade pública, e isso como vimos na sequência em que ele finalmente confronta o homem responsável pelo brutal assassinato de sua mãe, pode ser perigoso já que Dexter sai da casca de frieza e ações calculadas para agir por instinto passional.

Outra grata surpresa até aqui tem sido a presença da cativante Lila, uma grande adição ao elenco da série sobretudo por viver provocando Dexter e despertando nele até mesmo curiosidade sexual, algo até então totalmente impensado. Mas a maior surpresa deste episódio ficou mesmo reservada à revelação de que Harry Morgan poderiar ter um envolvimento íntimo com a mãe de Dexter o que nos leva ao questionamento se ele não seria seu pai verdadeiro. Afinal, Rudy parecia ser bem diferente dele, não? Sem contar que daria todo sentido aos motivos que levaram Harry a pegar somente Dexter e criá-lo.

E aquele final de episódio hein? Será que Dexter está finalmente encrencado de verdade? E mais, será que conseguirão criar uma situação coerente que o livre do ‘problema’ ? Hum, eu torço que sim e que o 6º episódio venha já!

Por Davi Garcia

SÉRIES: Notas e Comentários da Semana segunda-feira 29 outubro, 2007

Posted by Dude in Big Bang Theory, Bionic Woman, Cane, Chuck, Gossip Girl, Grey's Anatomy, Journeyman, K-Ville, Private Practice, Pushing Daisies, Samantha Who?, Séries, The Office.
2 comments

Séries exibidas nos EUA entre os dias 21 e 27 de Outubro de 2007

DexterEp. 2×04 -See Through

Sinopse: A estranha mãe de Rita chega para uma visita e percebe que há algo errado com Dexter. Masuka pensa ter descoberto uma pista sobre o caso do Bay Harbor Butcher, o que deixa Dexter preocupado. Debra age de forma estranha para tentar retomar sua vida e superar o trauma.

Leia os comentários aqui.

Chuck 1x03Ep. 1×05 – Chuck versus the Sizzling Shrimp

Sinopse: Chuck e Morgan encaram dilemas que podem mudar suas vidas. Ao pisar na bola durante uma vigia, Chuck sente-se moralmente obrigado a participar de uma missão não autorizada para desfazer seu erro. Enquanto isso Morgan tem que participar de uma competição que pode definir seu destino na Buy More.

Faltou um tempero a mais nesse 5º episódio, mas nada que comprometa a diversão que a série tem garantido depois de um início meio vacilante. Como já pontuei antes, acho que mesmo com poucos episódios, Chuck já encontrou o tom certo fazendo a mistura de aventura com comédia e doses mínimas de drama como nesse episódio com a mágoa de Ellie (a sempre linda Sarah Lancaster) com o distanciamento do irmão Chuck. Eu sei que o humor de Morgan é quase pueril, mas como resistir às trapalhadas e exageros do cara ou ao mal humor constante de Casey? Outro ponto alto da série? A divertida sequência de abertura com aquela musiquinha meio Austin Powers 😛

Big Bang Theory 1x03Ep.1×05 – The Hamburger Postulate

Sinopse: Temendo perder seu tempo com Penny, Leonard acaba se envolvendo com Leslie, sua colega de trabalho.

Não dá para negar, embora a série teoricamente tenha 3 protagnistas, fica cada vez mais evidente que a série é boa por causa de Sheldon, o nerd rabugento. Mas ok, para fazer justiça foram de Leonard as sequências mais engraçadas do episódio quando ele dividiu piadinhas de teor sexual com a colega Leslie, outra nerd mal humorada que além de conseguir deixar Sheldon sem reposta ao argumentar porque mexeu em sua lousa de fórmulas, ainda foi divertidamente cruel ao explicitar a Leornard que o usou como um experimento. Bom demais.

Heroes 2x03 Ep. 2×05 – Fight or Flight

Sinopse: Uma jovem mulher chamada Ellie está procurando Peter. Ando busca pistas de Hiro no passado. Ao lado de Nathan, Matt confronta o homem dos sonhos de Molly, enquanto Mohinder apela à ajuda da Companhia.

Leia os comentários aqui.

Prison Break 3x04 Ep. 3×05 – Interference

Sinopse: O prazo final dado pela Companhia para que a fuga ocorra se aproxima. Faltam 24 horas e Michael, Mahone e Whistler planejam uma fuga, mas o plano parece encontrar um beco sem saída depois que os guardas entram em Sona.

Leia os comentários aqui.

K-Ville 1x04 Ep. 1×05 – Critical Mass

Sinopse: Um diácono é assassinado na igreja em que Boulet frequentava durante boa parte de sua vida, mas ninguém parece ter visto alguma coisa.

Em certos momentos do episódio me peguei pensando porque ainda acompanho a série. Muito aquém do que eu esperava que fosse, K-Ville acaba quase sempre jogando fora o potencial de boas histórias que poderia contar. Tirando o Boulet que sempre traz algum background mais curioso, o resto sempre soa previsível ou risível como nesse episódio o foram os flashbacks. Pois é, os caras acham que exagerar nas cores para mostrar ao espectador que o que ele está vendo é uma versão jovem de determinado personagem é um recurso técnico que aumeta a qualidade do episódio. Tsc tsc… Só com isso já dá para ter uma boa idéia de que criatividade não é o forte de diretor e roteiristas da série, né?

Journeyman 1x03 Ep. 1×05 – The Legend of Dylan McCleen

Sinopse: Enquanto caminhava com Zach, Dan tem uma de suas dores de cabeça. No passado ele descobre estar seguindo os passos de Dylan McCleen, um soldado que roubou dinheiro por uma boa razão. Katie é questionada sobre um roubo que aconteceu na noite de sua grande festa.

Se a história do episódio em si não foi lá muito interessante, gostei de ver a aparição enigmática do Dr. Elliot Langley e suas teorias de ‘Quebra espontânea de simetria e Perturbação na densidade da energia negra local’. Fica claro que ele tem envolvimento nas viagens de Dan e que deve ter um papel importante na trama, mas será que a série dura até lá? Bom, se durar devemos ver os desdobramentos do relacionamento cada vez mais enfraquecido de Dan e Katie e das consequências por Zack ter visto seu pai desaparecendo. Aliás é incrível como até agora só um garotinho de 7 anos tenha testemunhado o ‘fenômeno’, não?

Samantha Who?Ep. 1×02 – The Job

Sinopse: É o primeiro dia de Samantha de volta ao trabalho e sua primeira reunião lhe dá uma boa noção do quão cruel e competitiva ela era.

Juro que tentei ver graça nesse episódio mas não teve jeito. Tudo bem que os eventos foram bem menos atropelados que no piloto, mas as sistuações continuam soando forçadas demais para mim. Que coisa ridícula foi aquela dos pais de Samantha tratando-na como uma retardada mental no início do episódio? Aliás uma ficha caiu para mim com esse episódio, a série é uma tentativa de fazer um My Name is Earl de saias já que assim como ocorre na série da NBC, aqui a protagonista quer compensar erros do passado. Pena que tem faltado talento aqui para entregar uma comédia que faça rir.

Cane 1x03 Ep. 1×05 – Brotherhood

Sinopse: Alex enfrenta um grave problema quando o Senador Barnes renuncia colocando o acordo da usina de etanol em risco. E não apenas isso, já que a polícia começa a cavar mais sobre o assassinato de Quinones.

Mais um bom episódio que destrincha um pouco mais o mundo dos Duque e os riscos que correm para manter os negócios e sobretudo a família. A retomada da investigação sobre o assassinato de Quinones trouxe uma sequência fantástica e tensa em que Santos e Alex foram colocados em salas distintas e não dava pra saber se o capanga/motorista entregaria ou não o segredo de seu chefe. E agora com Frank salvando a pele de Alex dando-lhe um álibe que explique o telefonema recebido em uma madrugada, é certo esperar uma cobrança pelo favor. Reparem também que cada episódio até aqui criou subtramas para os outros membros da família Duque (Henry e seus estranhos financiadores da boate, o casamento do filho mais velho de Alex e Isabel com uma americana e agora a filha sendo gravada em um momento íntimo). Dúvidas de que cada uma dessas situações vai render muita dor de cabeça em breve para Alex? Eu náo tenho.

House 4x03 Ep. 4×04 – Guardian Angels

Sinopse: A disputa para entrar no time de House continua quando surge uma paciente que parece ser capaz de ver e conversar com mortos. Foreman vai a algumas entrevistas de trabalho, e House testa o limite de um dos candidatos.

Leia os comentários aqui.

Pushing Daisies 1x02 Ep. 1×04 – Pigeon

Sinopse: Emerson, Ned e Chuck são contratados para provar que um piloto foi assassinado e não cometeu suicídio, mas logo se vêem envolvidos em um caso de roubo de jóias e fuga de um prisioneiro.

É ou não é irresistível esse sabor de filme clássico com toques de romance ingênuo que a série traz? Eu nunca sei bem o que comentar sobre Pushing Daisies mas sei que cada novo episódio me traz uma sensação bacaníssima de viajar na fantasia da idéia que ela propõe. Não tem nada que me incomode nela, e cada vez mais curto a doce/triste história de amor entre Ned e Chuck. Também pudera, sendo personagens tão simpáticos que são não dá para não simpatizar com eles, ou mesmo com Olive (clone da Eliana dedinhos) e sua paixão não correspondida pelo pie maker.

Bionic Woman 1x03 Ep. 1×05 – The Education of Jaimie Sommers

Sinopse: A nova missão de Jaime a faz entrar na faculdade disfarçada como estudante inglesa transferida para investigar um professor suspeito de atividades ilegais. Contudo, sua missão fica complicada quando ela se envolve com o assistente do professor, que também é suspeito.

Bom se já era meio inevitável comparar a série com Alias antes, esse episódio veio fechar a questão se não vejamos. O noivo de Jamie foi morto no 1º episódio (o noivo de Sydney também); Jamie tem uma rival que possui os mesmos talentos que ela (Sydney tinha Anna Espinoza); Jamie trabalha para um agência secreta do governo (que coincidência, Sydney também); Jaimie vive questionando as decisões de seu mentor (Sydney fazia o mesmo com seu pai Jack); Jamie tem um técnico nerd quase sem talento para socializar-se (uma versão bem menos engraçada de Marshall), e agora ela tem também um interesse amoroso que trabalha para outra agência (lembram do Michael Vaughan?). Pois é, coincidências demais, não? Pena que Bionic não saiba usar esses elementos para construir uma trama realmente envolvente. E pelo amor… quer dizer que o ‘talento’ de Michelle Ryan restringe-se a fazer um sotaque britânico? Não dá…

Gossip Girl 1x04 Ep. 1×06 – The Handmaiden’s Tale

Sinopse: Dan fica dividido quando sua ex-namorada Vanessa ressurge e se declara para ele, justo quando ele e Serena estão tentando descobrir o que significam um para o outro. No baile de máscaras, Blair coloca Nate em um jogo, mas ele não consegue esconder seus sentimentos por Serena. Embora Blair tenha deixado bem claro que não queria intrusos na festa, Jenny e Dan entram disfarçados. E finalmente, Lily pede que Rufus a acompanhe a um evento de Eleanor Waldorf para causar ciúmes em Bart Bass.

O mais interessante desse episódio, além do surgimento de Vanessa provocando um mar de dúvidas em Dan, foi ver que Nate descobriu sobre o vício de seu pai e que ao que parece, deve assumí-lo para livrar a cara do pai e ao mesmo tempo ganhar crédito de liberdade para escolher o que quer fazer e para onde ir. As sequências da festa foram igualmente marcantes por mostrar Jenny vingando-se de Chuck e depois ouvindo o segredo de Nate que àquela altura imaginava falar com Serena. A crescente animosidade e intriga segue tomando conta dos up east siders e a trama tem se mostrado sempre atraente, ainda que seu universo possa parecer distante demais. Só é uma pena que quase todo episódio termine naquele clima de tudo certinho e no lugar, só para vermos o castelo de cartas desmoronar no episódio seguinte.

Private Practice 1x03 Ep. 1×05 – In Which Addison finds a Showerhead

Sinopse: Addison precisa acompanhar o caso de uma menina de 13 anos que suspeita ter contraído uma DST. Pete sai da linha por causa de uma paciente que sofre de problemas pulmonares e Violet tem que confrontar seu maior fantasma.

Que PP segue aquém do nível de sua matriz é evidente, mas seria injusto dizer que ela não tem mantido um ritmo coerente com o universo de seus personagens, todos como já disse antes, demasiadamente infantis. Admito que foi engraçado ver Addison sonhando com fantasias que incluiam Pete, e posando de puritana que não se ‘diverte sozinha’, mas não seria mais fácil chegar às vias de fato :p No aspecto mais sério do episódio, vimos a abordagem da importância do diálogo aberto entre pais e filhos sobre sexo e a evidência de que a relação entre Naomi e Sam segue sob uma falsa máscara de conforto. No outro extremo tivemos a aparição de Allan (o mesmo ator que fez o Goodwin de Lost) e finalmente uma decisão por parte de Violet, a terapeuta menos indicada para qualquer paciente. Gostei do episódio mas ainda falta tempero para que a série emplaque e empolgue de vez.

Grey's Anatomy Ep. 4×05 – Haunt You Everyday

Sinopse: É Halloween no Seattle Grace! As enfermeiras formam um grupo baseado nas experiências que dividem por envolverem-se com McSteamy. Um homem se submete ao que a maioria dos médicos considera cirurgia desnecessária. Alex recebe a visita de Ava / Rebecca, enquanto Meredith precisa lidar com o que restou de sua mãe e Callie faz um importante anúncio.

Nada mais coerente do que usar o tema do Halloween no texto que explora os fantasmas que assombram as vidas dos médicos do Seattle Grace, não é? Gostei da solução que Meredith deu para se livrar das cinzas de sua mãe cuja lembrança não desaparecerá mas terá agora um descanso, e claro, da ajuda que deu ao simpático garotinho que precisava de uma cirurgia plástica para ter orelhas. Callie por sua vez segue na tortura psicológica com Izzie, cujo envolvimento com George é agora público e até Alex teve seu momento “não sou tão babaca” ao curtir o reencontro com Ava/Rebecca. Outros pontos altos do episódio, foram a chegada definitiva da Dra. Hahn como nova chefe de cirurgia cardíaca no que deve render situações divertidíssimas com Christina; a conversa entre Bailey e George no lado de fora do hospital; e claro, o tocante dilema do pai à espera de um transplante de coração e que teria na filha recém acidentada e com morte cerebral sua salvação.

The Office 4x03 Ep. 4×05 – Local Ad

Sinopse: A Dunder Mifflin decide fazer uma propaganda para a tv, mas as coisas ficam esquisitas quando Michael resolve assumir a produção. Dwight também tem sua ocupação do momento, explorar sua versão voadora do Second Life.

Vamos combinar que só a piada do Dwight que voa no Second Life (e no Second ‘Second’ Life) já valeu todo o episódio, não é mesmo? Mais uma válvula de escape para a fossa curtida por ele mas que não deve durar muito mais já que ele agora tem a prova de que Angela segue pensando nele (Oh, “D”!)Voltamos aos episódios de 20 minutos, e se os estendidos eram brilhantes, não dá para negar que o formato reduzido torna tudo mais dinâmico e envolvente. Nunca me canso de ver Michael fazendo besteiras, e se antes sempre haviam motivos mais que evidentes para considerá-lo um incompetente sem noção, dessa vez me surpreendi com o resultado do vídeo feito por ele e que acabou rejeitado pela matriz. Uma divertida contradição ao melhor estilo da série.

 

Por Davi Garcia

HEROES: Mais um novo personagem? sábado 27 outubro, 2007

Posted by Dude in Heroes, Séries.
1 comment so far

Christian Camargo

Reconhecem a foto? Trata-se de Christian Camargo, ator que ganhou projeção ao fazer o Rudy, irmão de Dexter, na série de mesmo nome onde deu corpo e voz ao temido Ice Truck Killer. Pois bem, ao que tudo indica Camargo deve integrar o elenco de Heroes fazendo um personagem que teria uma história a contar em alguns episódios e que não se tornaria regular. Vale lembrar que a 2ª temporada até aqui já tem personagens demais e tem demonstrado pouca capacidade de amarrar as histórias de todos satisfatoriamente. Será que com Camargo será diferente? Tomara. As gravações para os episódios em que veremos o ator devem começar no final de novembro, o que indica a possibilidade de que só iremos vê-lo em 2008.

TEMPO FINAL (Série) quinta-feira 25 outubro, 2007

Posted by Dude in Séries, Tempo Final.
1 comment so far

Ep. 1×01 – Mano a Mano (Série exibida pelo canal Fox no Brasil)

Sinopse: Com mudanças inesperadas que fazem com que o espectador não preveja o desfecho até o segundo final, as histórias do programa tem uma exasperação mais tácita do que explícita. Protagonizada por seres aparentemente normais que inesperadamente são expostos a situações extraordinárias, Tempo Final é a série que mudará sua vida em uma hora. (Texto extraído do site oficial da série)

Tempo Final

Ok, Fox menos, bem menos com o marketing exagerado em cima dessa série. Não dá para não reconhecer que Tempo Final que é uma produção inteiramente feita no e para o mercado latino traz um tom diferenciado ao padrão regional. Reconheço também que a série traz um clima soturno envolvente, tem uma trilha de suspense bem pontuada, atuações satisfatórias e etc, mas vamos combinar que de novidade não tem nada ali, né? Aliás é muita cara de pau roubar o final do filme Jogos Mortais só para (tentar) chocar o espectador no piloto hein?!

Crítica feita, vou ao que interessa. A série é bacana, explora o conceito dos acontecimentos rolando em tempo real a la 24 Horas e ao que parece vai explorar temas bastante comuns e inerentes à sociedade moderna, liberal e cada vez mais sem controle e desprendida de qualquer padrão moral e ético. Não faço a menor idéia do que vém pela frente, mas a julgar por este 1º episódio, já dá para notar que o mote da história deve sempre girar em torno de situações aparentemente normais e que tomam um rumo que coloca os envolvidos em dilemas carregados pelo suspense e por ações questionáveis e vá lá… bizarras. Conclusão depois de ver esse piloto? Os cornos são os piores assassinos :p

Perdeu o episódio de estréia? Xii amigo(a), se for depender da Fox vai ficar difícil de conferir, já que as reprises ocorrem às 3 da manhã de 6ª feira e à 01 da manhã de domingo. Mas nem tudo está perdido. Se a curiosidade for grande e o seu espanhol for minimamente razoável, dá para conferir o episódio inteiro aqui 😉

Por Davi Garcia

24 HORAS – 1º Trailer da 7ª Temporada no ar! quarta-feira 24 outubro, 2007

Posted by Dude in 24 Horas, Séries.
9 comments

Lembram daquele post que fiz semana passada falando sobre o esperadíssimo trailer da 7ª temporada de 24 Horas que seria disponibilizado no site oficial da série às 15 h desta 5ª feira? Bem, não me perguntem como, mas eu consegui o vídeo com algumas horas de antecedência e subi para o velho e bom Youtube 🙂

spoilers foderosos no trailer, portanto estejam avisados.

Esqueçam o final sem graça da 6ª temporada e acreditem, por mais absurdo e sem sentido que possa parecer, gostei de ver o Tony Almeida ressuscitado e como o grande vilão da nova temporada. Será que vai render? Eu aposto que sim.

Por Davi Garcia

EU SOU A LENDA – Novo filme de Will Smith quarta-feira 24 outubro, 2007

Posted by Dude in Cinema.
8 comments

Lá se vão 6 anos desde as primeiras informações sobre essa ficção de ação que tem como cenário um futuro próximo e apocalíptico. Desde então, nomes como os do diretor Ridley Scott e do agora governador Arnold Schwarzenegger desligaram-se da produção e roteiros foram seguidamente descartados e reescritos até a Warner dar o veredito final no início de 2006 e escalar Will Smith na pele de Robert Neville, o último ser humano vivo na cidade e possivelmente no mundo o_O

O filme parece ser uma ficção das boas e desde já estou ansioso para conferí-la. Abaixo o primeiro trailer oficial divulgado pelo estúdio.

Eu sou a Lenda estréia nos EUA no dia 14 de dezembro e no Brasil no dia 04 de janeiro de 2008

Por Davi Garcia